Pesquise por assuntos do seu interesse
27/08/2014
Londres muitas vezes é o destino escolhido de quem viaja para a Europa pela primeira vez. A quantidade de atrações, o mapa do metrô ou o tamanho da cidade podem ‘assustar’ a princípio. Confira algumas dicas que vão fazer diferença na sua viagem!
 
IMG
 
Dicas de Londres:
 
 
1. No pub, pague as bebidas no balcão, no momento do pedido
 
Ao contrário dos restaurantes, no pub o pagamento é feito com antecedência, no momento do pedido. Por isso, é muito comum que cada pessoa da turma pague uma rodada. Essa regra também se aplica quando você pede comida no balcão, mas alguns pubs tem serviço de restaurante, geralmente em um salão reservado para esse fim. Se você não quiser ficar pagando toda vez que pede uma bebida, pergunte para o atendente se e possível abrir uma ‘tab’: você deixa seu cartão com eles e ganha um número – a cada pedido, fale o número da sua tab e na hora de ir embora peça para fechar a tab, e então pague a conta.
 
2. Peça água da torneira
 
A água da torneira é consumida normalmente aqui – não apenas nas casas, mas também nos bares e restaurantes. Portanto, para economizar algumas libras, você pode pedir ‘tap water’ para o garçom. Todo mundo faz isso, pode pedir tranquilo que ninguém achará estranho (a não ser, claro, que você faça questão de agua de garrafa. Aí peça still – sem gás – ou sparkling – com gás).
 
3. Tenha o oyster ou bilhete sempre a mão
 
Não deixe para pegar seu Oyster (o cartão utilizado no transporte) ou bilhete de papel no momento em que for passar pela barreira da estação. Tenha ele a mão antes, e evite segurar a fila. A mesma coisa serve para quando subir no ônibus. Não deixe todo mundo esperando na porta enquanto você revira a bolsa procurando o oyster/bilhete. Obviamente que isso é uma cortesia, algo bacana de se fazer numa cidade que está sempre a milhão, como Londres.
 
4. ‘Eat in or take away?’
 
Acostume-se com essa pergunta, que significa ‘vai consumir aqui ou levar?’ – quando você for em um café ou lanchonete como Starbucks, Costa, Nero, Pret a Manger ou EAT. A maioria dos lugares adiciona uma porcentagem ao valor final caso você queira ficar lá, então considere pegar seu sanduíche ou café e ir comer na praça ou banquinho mais próximos!
 
5. Mantenha-se a direita, use a plataforma
 
Mais uma regrinha básica pra facilitar a vida na hora de utilizar o metrô – na escada rolante, mantenha-se sempre a direita e deixe a esquerda livre para quem quer passar. E, quando chegar na plataforma para esperar o metrô, ande até as pontas – geralmente os vagões estão mais vazios e você evita a muvuca dos turistas que ficam logo na saída do corredor para a plataforma.
 
6. Use as moedas
 
Não tem jeito, você vai encher a carteira de moedinhas: de 1 centavo a 2 libras, elas pesam na bolsa! Mas não as ignore, e tente sempre usá-las. Caso você não tenha peciência para contar as moedas na hora de fazer um pagamento, fique de olhos nas caixinhas de doação que existem nos cafés, supermercados e lanchonetes (junto ao caixa), ou nas pessoas que ficam em estações de trem e metrô segurando ‘baldinhos’: são voluntários de instituições de caridade arrecadando doações.
 
7. Compre a Big Issue
 
A Big Issue Foundation é uma instituição sem fins lucrativos que ajuda moradores sem teto ou em situação bastante vulnerável. Você verá pessoas (geralmente utilizando um colete vermelho) por toda a cidade, vendendo uma revista (chamada Big Issue) que eles compram a £1.25 e vendem a £2.50 – o lucro é deles. Ou seja, você ajuda alguém passando por uma situação bastante difícil – esse é o trabalho deles! A revista é semanal e bastante interessante (é de variedades), e os vendedores são sempre muito simpáticos.
 
8. Pegue os jornais e revistas gratuitos
 
Para ficar por dentro do que está acontecendo em Londres e no mundo durante a sua viagem, use e abuse dos jornais e revistas gratuitos distribuídos na rua. Todo dia (exceto fim de semana) saem os jornais Metro e City AM (pela manhã) e Evening Standard (fim da tarde). Terça feira é o dia da Time Out, revista de entretenimento cheia de dicas do que fazer, onde comer e também matérias bem interessantes sobre personalidades e lifestyle londrino. Quarta feira é dia da revistaStylist, para o público feminino. No dia seguinte, quinta, sai a Shortlist, para o público masculino e também a revista de esportes, Sport. Sexta feira o jornal Evening Standard publica uma revista de variedades, a ES magazine. Isso sem contar os jornais locais, geralmente disponíveis nas estações de trem de bairros fora do centro. Enfim, muita informação para quem gosta de estar a par das notícias!
 
9. Faça reserva e compre ingressos com antecedência
 
Assim que você fechar sua viagem para Londres, comece a pensar se quer ir a algum restaurante específico ou ver uma peça de teatro/ballet/ópera. A maioria dos restaurantes em Londres aceita reserva (você pode fazer diretamente pelo site, telefonar ou ainda pedir ajuda ao seu hotel). Alguns lugares (como Buerger & Lobster e Bubbledogs) começaram uma nova ‘tendência’: não aceitam reserva, mas pegam seu telefone e te mandam mensagem quando a mesa estiver pronta. Assim, você não precisa ficar esperando na porta.
 
Quanto aos ingressos para espetáculos e shows, vale a pena ficar de olho no TicketMaster.Compre o ingresso com a opção de imprimir em casa, e assim você ja o tem em mãos antes de viajar (você receberá um email com o ingresso em PDF).
 
10. Comunique-se!
 
Não tenha medo (ou vergonha) de pedir informações – essa ‘lenda’ que diz que os londrinos são frios e distantes é uma injustiça! os funcionários do metrô são super solícitos, assim como policiais e atendentes de lojas. Basta perguntar – não esperer alguém chegar em você. Mesmo que seu inglês não seja fluente, não se preocupe, as pessoas aqui estão muito acostumadas com turistas. Sabendo o nome do lugar ou rua que você quer ir, ou com um mapa em mãos, use a criatividade e deixa a inibição de lado.
 
 
 
Fonte: aprendizdeviajante
20/08/2014
Na Nova Zelândia, um avião antigo se tornou um restaurante do McDonald’s. Nos últimos 24 anos, o avião de modelo DC-3 estava parado ao lado de uma loja da rede de fast food na cidade de Taupo, e agora foi restaurada para acomodar os consumidores, segundo informações do Daily Mail.
 
“O local era parte de uma concessionária de carros, a Aeroplane Car Company e o dono comprou o avião DC-3 antigo. Quando o McDonald’s comprou o terreno em 1990, a aeronave veio junto”, contou a dona do restaurante, Eileen Byrne.
 
 
 
 O avião ganhou as cores e o logotipo do McDonald’s e um interior reformado em vermelho e prata, com capacidade para acomodar 20 pessoas. O motor foi removido, mas as hélices ainda estão intactas e o cockpit foi mantido em seu estado original.
 
A aeronave Douglas DC-3 foi construída em 1943 e era uma das usadas pela companhia South Pacific Airlines de 1961 a 1966.
 
 
 
 
Fonte: terra
14/08/2014
Quer presente mais legal do que uma viagem?
 
Poucas coisas são mais deliciosas do que viajar. Por isso, se você quer impressionar o seu amor, listamos destinos que tem a ver com casais apaixonados e são uma boa pedida pra tornar esse momento inesquecível pra vida toda. Façam as malas!
 
 
 
Santorini é uma ilha grega banhada pelo mar Mediterrâneo, com paisagens incríveis, clima delicioso, comida excelente e pôr-do-sol inesquecível. Quer lugar melhor pra namorar? Não por menos, Santorini é um dos lugares preferidos dos casais em lua-de-mel.
 
 
 
 
Provença, na França, é colorida e perfumada pelas lavandas. Super romântica, a cidade é linda e tem restaurantes charmosos e deliciosos em todos os cantos. Por lá você pode andar de bicicleta de mãos dadas!
 
 
 
Foi em Verona, na Itália, que Romeu e Julieta se apaixonaram. A cidade histórica é cheia de casais apaixonados e aventuras amorosas. Com pátios, praças e pontes que são cenários perfeitos para o primeiro beijo, Verona é a cidade eleita pra namorar com estilo.
 
 
 
Halona Cove, no Havaí, foi o cenário de muitos beijos técnicos famosos no cinema. A minúscula praia fica pertinho de Honolulu e tem acesso dificultado pelas encostas. Por isso, é superprotegida e perfeita para curtir um pôr-do-sol incrível com o seu amor.
 
 
 
 
Paris, a cidade clássica dos apaixonados. Cenário de vários pedidos de casamento, de casais felizes circulando pelas cafés e gente do mundo todo curtindo a lua-de-mel. É a campeã dos casais que buscam cultura e momentos inesquecíveis.
 
 
 
Fonte: Kzuka
13/08/2014
No dia 30 de julho fomos tomar um café da manhã e conhecer o Hotel Intercity Premium em Porto Alegre. 
 
O Intercity Premium fica na Avenida Borges de Medeiros, 2145 a uma quadra do shopping Praia de Belas e próximo ao centro histórico. O hotel possui estacionamento pago com manobrista, academia, lavanderia, room service 24h, business center e uma incrível piscina externa que fica na cobertura do 14º andar com vista para o Lago Guaíba e o seu pôr do sol inesquecível.  
 
Há quatro tipos de acomodação: apartamento luxo, luxo superior, executivo e premium. O apartamento luxo possui vista para a cidade e os demais para o Guaíba. Os quartos são amplos e foram reformados recentemente. 
 
A nota geral atribuída ao hotel no Trip Advisor é 9.2. 
 
O hotel dispõe de diversos pacotes diferenciados e personalizados, como:  Domingo Premium, Tarifa Estudante, Final de Semana Estendido, Day Use, Melhor Idade, Final de Semana Solidário, Tarifa Esportista, Aniversário Romântico, Romantic Night e é claro, o Noite de Núpcias. 
 
Desde 01 de agosto a Bellenzier Turismo firmou parceria com a rede Intercity, que também possui hotéis nas cidades de: Manaus, Natal, João Pessoa, Cuiabá, São Paulo, Florianópolis, Gravataí, Montevideo, Caxias do Sul, Vitória, Salvador entre outras. Faça sua cotação conosco e hospede-se na rede!









07/08/2014
Com um grande balcão e pequenas mesinhas espalhadas pelo salão, o "Café des 2 Moulins", em Paris, não difere muito de outras cafeterias da cidade. 
 
Há mais de dez anos, no entanto, o estabelecimento no bairro de Montmartre vive cheio de turistas, a maioria fã do filme “O Fabuloso Destino de Amelie Poulain”, lançado em 2001.
A personagem principal do longa do diretor Jean-Pierre Jeunet, vivida pela atriz Audrey Tautou, trabalhava no “2 Moulins”, e foi lá que várias cenas foram gravadas. O filme tem muitos aficionados pelo mundo, que gostam de refazer o roteiro pelos lugares frequentados pelos personagens quando visitam Paris.
 
O café recebeu esse nome por estar localizado próximo a dois estabelecimentos com nome de moinho (moulin, em francês): o Moulin Rouge e o Moulin de la Galette.





 
Fonte: http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2013/08/cafe-em-paris-atrai-turistas-fas-do-filme-amelie-poulain.html
30/07/2014
1. Os melhores e os piores passaportes
Cidadãos de determinados países podem viajar para mais lugares do que cidadãos de outros. Em 2013, Finlândia, Suécia e Reino Unido eram as nações cujos habitantes tinham mais portas abertas no mundo. Eles podiam entrar em 173 dos 193 países reconhecidos pela ONU. O Afeganistão ficou na outra ponta, com apenas 28 territórios liberados para viagem.
 
2. Há regiões com selos únicos (e cobiçados)
Há certos locais que colocam em seu passaporte um selo diferente. Akhzivland é uma micronação de 2,5 acres, mas tem selo próprio. Na Antártida, o viajante só consegue o selo se for um turista aventureiro cheio da grana ou um cientista. A Ilha de Páscoa, o arquipélago de Galápagos e o Machu Picchu são outros destinos "privilegiados".
 
3. Israelenses não são bem-vindos
Muitos países do mundo árabe não reconhecem Israel, então israelenses não existem para eles. Irã, Kuwait, Líbano, Líbia, Arábia Saudita, Sudão, Síria e Iêmen não permitem que portadores do passaporte israelense entrem em seus territórios. A antipatia é tanta que Filipinas, Bangladesh e Paquistão, entre outros países, incluem no documento a frase "válido para todos os países do mundo, exceto Israel".
 
4. China vs. Taiwan
A República Popular da China não reconhece a República da China, mais conhecida como Taiwan. Logo, os habitantes de ambos não podem pisar na "outra China", a menos que tenham um passaporte especial.
 
5. Coreia do Norte não é um território internacional
O passaporte da Coréia do Sul assegura acesso a toda a península e, portanto, também à Coreia do Norte. Não é necessário um passaporte norte-coreano; apenas coragem.
 
6. O que é Cuba?
Não é só o embargo de várias décadas que os Estados Unidos impuseram a Cuba. Os cidadãos americanos também estão proibidos de fazer viagens de turismo para a ilha.
 
7. Chipre do Norte: um país especial
Esta é uma nação que só é reconhecida pela Turquia. Trata-se de um território que ocupa um terço da ilha do Chipre. De qualquer modo, tem um passaporte próprio que dá acesso a sete países: França, EUA, Austrália, Paquistão, Síria e a própria Turquia. Para ir a qualquer outro território, os habitantes precisam tirar um passaporte no Chipre.
 
8. Ninguém quer a Somalilândia
É um país que tem habitantes que reconhecem o próprio estado e um governo estável, requisitos da ONU para reconhecer uma nação, mas não é considerado por ninguém como tal. Resultado: o passaporte da Somalilândia não vale em lugar nenhum do mundo.
 
9. O Papa é sempre o número um
O Vaticano não vigia suas fronteiras, mas emite passaportes e tem uma regra clara: quem quer que seja o Papa, ele sempre tem o documento número um.
 
10. A Rainha pode usar qualquer passaporte
É estranho, mas a Rainha da Inglaterra não precisa de passaporte para viajar ao exterior. Todos os passaportes britânicos são expedidos "em nome de Sua Majestade". Logo, ela não precisaria ter seu próprio documento, pois poderia usar qualquer um dos que pertencem aos 63 milhões de súditos do seu reino. A inscrição na primeira página do documento diz "O Secrtário de Estado de Sua Majestade Britânica solicita e requer em nome de Sua Majestade, a todos aqueles a quem possa interessar permitir que o portador passe livremente sem impedimentos e dê ao portador a assistência e proteção que possam ser necessários". Todos os outros membros da família real precisam e possuem o documento.
 
Fonte: gq.globo.com
11/07/2014
Perfeitas para a lua-de-mel, uma viagem romântica ou aventura, conheça algumas das ilhas mais bonitas do mundo. 
 
Muitas, são quase místicas, como Capri, muitas são um país inteiro (Sri Lanka), acomodam dois (República Dominicana) ou, unidas aos milhares, formam nações-arquipélago como Indonésia e Filipinas. Enfim, há para todos os gostos!
 
img
 
Phi Phi Leh, Tailândia
 
A Baía Maya, na ilha Phi Phi Leh, no sul da Tailândia, ficou internacionalmente conhecida como o set de filmagem de A Praia, estrelada por Leonardo di Caprio. Atributos naturais para considerá-la um paraíso é o que não faltam.
 
 
Telascica, Croácia
 
A Croácia possui um litoral recortado, repleto de ilhas paradisíacas.
 
 
Galesnjak, Croácia
 
Galesnjak, no Adriático croata, é conhecida como a "ilha do amor". Por que será?
 
 
Kabira, Okinawa, Japão
 
Ilha Kabira, em Okinawa, arquipélago do sul do Japão. 
 
 
Zanzibar, Tanzânia
 
O pequeno arquipélago de Zanzibar oferece praias e hospedagens com as alucinantes cores do oceano Índico. Curiosidade: o cantor Freddie Mercury nasceu aqui. 
 
 
Moreton Island, Austrália
 
Moreton Island é um dos destinos favoritos na região de Brisbane, no nordeste da Austrália.
 
 
Mikonos, Grécia
 
Resort em Mikonos, região da Grécia onde o agito noturno e o sossego, com seus barcos de pescadores e pelicanos, misturam-se pacificamente. 
 
 
Ilha de Gaz, Croácia
 
Outra ilha croata, no arquipélago de Brijuni, com formato bem interessante.
 
 
Bora Bora, Polinésia Francesa
 
 
A maior atração de Cozumel são seus corais, apresentados ao mundo pelo pesquisador francês Jacques Cousteau


 
Cozumel, México
 
A maior atração de Cozumel são seus corais, apresentados ao mundo pelo pesquisador francês Jacques Cousteau.
 
 
Maiorca, Espanha
 
As Ilhas Baleares, com Maiorca, Menorca e Ibiza, são uma mescla de história, beleza natural e agitação no Mediterrâneo.

Fiji
 
A Plantation Island, no arquipélago cênico das Mamanucas, em Fiji.
 
 
Isla Hispaniola, República Dominicana
 
A ilha de Hispaniola é dividida entre Haiti e República Dominicana. Em ambos os lados as paisagens são espetaculares, com ótimos resorts e culturas completamente distintas (de um lado francesa, do outro espanhola). Aqui uma foto de um campo de golfe em Maria Trinidad Sanchez, do lado dominicano.


 
Galápagos, Equador
 
As ilhas Galápagos não são só belas, mas ganharam notoriedade por ter servido como inspiração para Charles Darwin e sua teoria evolucionista.
 
 
Sri Lanka
 
Praia próxima a Unawatuna, no sudoeste do Sri Lanka, o antigo Ceilão.
 
 
El Nido, Filipinas
 
Com um conturbado passado dividido entre espanhóis, japoneses e americanos, as Filipinas são um belo país, repleto de ilhas dos sonhos.
 
 
Ilha de Bled, Eslovênia
 
Esta é uma ilha diferente em nossa lista. Bled fica em um laguinho pristino e simplesmente encantador no interior da Eslovênia.
 
 
Seychelles
 
Praia na ilha Silhouette, em Seychelles.
 
 
Bali, Indonésia
 
Literalmente uma ilha hindu num país muçulmano, Bali é um destino encantador onde o viajante encontrará massagens vigorosas, ondas para surfar, um povo sempre sorridente e uma gastronomia pujante. Na foto, o Maya Resort.
 
 
Ilha de Páscoa, Chile
 
Um dos lugares mais isolados do mundo, a Ilha de Páscoa é um território do Chile que encanta por seus vulcões e cultura singular.
 
 
Havaí, Estados Unidos
 
A costa de Na Pali, em Kauai, é um dos muitos atrativos no arquipélago do Havaí. Da cultural única ao mundo do surfe, de praias espetaculares ao espírito do aloha, este é um destino turístico por excelência.
 
 
Fernando de Noronha, Pernambuco
 
Fernando de Noronha possui cinco praias três estrelas segundo o GUIA QUATRO RODAS: Baía do Sancho, Baía dos Porcos (foto) e do Leão.
 
 
Bohol, Filipinas
 
 
Maldivas
 
Até a década de 1970 as Maldivas eram um país-arquipélago pobre, dependente da pesca. Tudo mudou na década seguinte, quando resorts como o W Retreat (foto), receberam licenças para construir grandes empreendimentos, muitas vezes em ilhas antes desabitadas. Hoje a maior preocupação de seu governo é o aquecimento global e o aumento das marés (o ponto culminante do país tem apenas 2 metros).
 
 
Green Cay, nas Ilhas Virgens Britânicas
 
Um dos novos destinos românticos do Caribe, as Ilhas Virgens Britânicas só agora vem conquistando os brasileiros.
 
 
Ilha de Capri, Itália
 
Na costa próxima a Nápoles, Capri é uma eterna favorita dos viajantes.

Los Roques, Venezuela
 
Los Roques, na costa venezuelana, vem ganhando fama como destino para a lua-de-mel inesquecível.
 
 
 
Açores, Portugal
 
Mais famosos por aqui por sua grande comunidade de imigrantes e descendentes no sul do país, os Açores agora vem disputando os turistas brasileiros com atividades como observação de baleias, trekking e vela, além de uma gastronomia riquíssima.
 
 
 
Geórgia do Sul, território do Reino Unido
 
As ilhas Geórgia do Sul entram na rota de uma grande parte dos cruzeiros antárticos. Aqui o explorador polar Ernest Shackleton empreendeu um dos mais brilhantes capítulos da história da exploração da Antártica, ao atravessa-la depois de cruzar o revolto oceano da região em um bote salva-vidas.

 
Ilhas Malvinas, território do Reino Unido
 
Também conhecidas como Falklands e eterno alvo de disputas territorias entre britânicos e argentinos, estas ilhas também fazem parte de cruzeiros que visitam o Cabo Horn e a Península Antártica. E, sim, não faltarão pinguins para recebê-lo.
 
 
 
Fonte: viajeaqui.abril
 
04/07/2014
Antes de sair de casa ou do hotel:
 
1. Malas sofisticadas chamam mais atenção, sobretudo as novas e de grife. Dispense que sua mala seja símbolo de status, pense bem, a conta pode ser mais cara.
 
2. É bom sinalizar cada mala com fitas coloridas, lenços decorados e adesivos para facilitar sua identificação visual. Isso diminui as chances de alguém levá-la por engano são menores.
 
3. Malas pretas com rodinhas chamam menos atenção, justamente essas são grandes alvos de bandidos. Portanto, considere comprar uma bagagem de cores chamativas, faça sua mala chamar atenção ou decore a sua com fitas e acessórios coloridos. Outra boa opção é utilizar capas coloridas disponíveis no mercado, além de proteger as malas adicionam outros recursos de segurança à bagagem.
 
4. Itens mais valiosos devem ir para o fundo da mala. Bandidos geralmente tem poucos minutos para realizar os furtos, é normal que tendam a subtrair o que está por cima ou nos bolsos.
 
5. Uma técnica muito boa para disfarçar produtos de valor é acomodá-los em embalagens que não despertam a atenção. Bolsas térmicas, caixas de chocolate, fralda de bebê, são ótimos “disfarces”.
 
6. Use TAGS, são aquelas etiquetas ou adesivos que vão com seu nome, endereço e telefone. Isto ajuda na localização, no caso de extravio.É preciso lembrar que nem todo mundo é mal intencionado, alguém que tenha extraviado a mala por engano ou encontrado, pode te localizar.
 
7. Se preferir despachar equipamentos ou produtos eletrônicos de valor, é bom tirar fotos dos produtos antes. Isto ajuda a comprovar o valor da sua bagagem caso precise acionar o seguro ou entrar em uma possível ação judicial. Notas fiscais dos produtos adquiridos na viagem também servem como avaliação, guarde as notas consigo.
 
8. Para dispersar a atenção dos bandidos, tire os produtos comprados da caixa e suas etiquetas, mesmo nos presentes para a família e os amigos, os ladrões preferem os produtos novos.
 
9. Objetos de valor, como jóias, dinheiro e cartões de crédito não devem ir em malas despachadas, estes pertences devem ser transportados na bagagem de mão. O mesmo vale para eletrônicos, como máquinas digitais, notebooks e smartphones, produtos muito visados.
 
10. Sempre que possível viaje só com a mala de mão. Carregar itens em excesso só torna a viagem mais cansativa e exige muito mais cuidados, considere adquirir algumas coisas no lugar de destino, frequentemente os preços são até melhores.
 
11. Sempre que possível  prefira os voos diretos. Escalas e conexões aumentam as chances de extravios e roubos.
 
 
No aeroporto
 
12. É possível declarar à empresa aérea os itens contidos na mala despachada e seus respectivos valores, ainda no check-in. O atendente fica com uma cópia da lista e entrega outra assinada ao passageiro. Nesse caso a empresa aérea poderá verificar o conteúdo listado e cobrar um adicional sobre o valor declarado.
 
13. Se possível plastifique a mala garantindo  de segurança extra, a embalagem plástica  faz com que os bandidos percam mais tempo.
 
14 Não confie apenas nos cadeados, bandidos os violam facilmente. Capas, embalagens adicionam são bem-vindas.
 
15. Nunca descuide da mala em nenhum momento, são nas pequenas distrações que os bandidos agem.
 
16. Vá direto para a esteira ao desembarcar do avião. Uma mala rodando várias vezes sem ninguém para pegá-la é um alvo fácil.
 
17. Check-ins nos últimos minutos aumentam a chance de confusão e a mala ser enviada para outro destino.Hoje em dia há inúmeros recursos de check-in antecipado e você pode passar no guichê apenas para despachar a bagagem.
 
18. Ao despachar, certifique-se de que sua mala foi identificada para o destino correto.
 
19. Ao recuperar sua mala na esteira, abra-a e confira se nada foi furtado, ainda que não haja sinais de que foram abertas. As empresas aéreas não aceitam reclamações depois que você sair da sala de desembarque.
 
20. Preste queixa imediatamente ao perceber a falta de algo, perder minutos indignando-se pode tornar mais difícil a localização de marginais.
 
Fonte: aeroportoguarulhos 
26/06/2014
O Caribe é mesmo uma região muito especial no mundo. Se não bastassem todas as belezas naturais, há também atrações e opções incríveis para quem quer passar as férias em um lugar inesquecível.
 
Um exemplo disso é o Parque de Esculturas Submarinas de Granada, criado em 2006. Trata-se de uma coleção de esculturas do artista britânico Jason Taylor que foram colocadas de forma criativa e inovadora no fundo do mar, introduzindo ao universo artístico um novo conceito, no litoral da ilha de Granada no Caribe.
 
 
Por mais que pareçam tesouros deixados por um grande naufrágio, na verdade, as esculturas foram feitas e levadas até o fundo do mar. Os materiais são: arame, concreto e aço. Do ponto de vista artístico, as esculturas ganham vida e a exposição se renova naturalmente, ganhando novas cores, novas formas e uma interação incrível com as forças naturais. 
 
A mais de sete metros de profundidade há a escultura Vissicitudes, uma ciranda de jovens granadinos (uma das peças mais famosas) acompanhada pelo The Lost Correspondent, um jornalista com sua máquina de escrever sobre uma mesa revestida de páginas de jornais da cidade.
 
 
 
 
 
Juntas as obras formam uma espécie de recife artificial. As esculturas são as mais variadas. Tem imagens de crianças, mulheres, objetos e até mesmo cenas cotidianas. 
 
 


 
Jason Tayor  se formou em Artes em Londres mas atualmente mora em Granada. Suas obras já foram expostas em importantes museus e o artista já planeja uma segunda fase para o seu projeto com as esculturas. A proposta de Jason é destacar a importância da relação entre o homem e a natureza.
 
 
 
Fonte: essaseoutras
22/06/2014
Você sabe quais são os destinos que é necessário tomar a vacina da febre amarela?

 
No Brasil é recomendado para os seguintes destinos:
 
- Mato Grosso; 
- Mato Grosso do Sul;
- Rondônia; 
- Acre; 
- Amazonas; 
- Roraima; 
- Amapá; 
- Pará; 
- Tocantins.
 
Já os países que exigem certificado de vacinação, ou seja, a vacina é obrigatória:
 
- Afeganistão; 
- África do Sul; 
- Albânia; 
- Angola; 
- Antigua e Barbuda; 
- Arábia Saudita; 
- Argélia; 
- Austrália.
 
- Bangladesh; 
- Barbados; 
- Belize; 
- Benin; 
- Bhutan; 
- Bolívia; 
- Burkina Faso; 
- Burundi.
 
- Cabo Verde; 
- Camarões; 
- Chad; 
- China Rep. Popular; 
- Colômbia; 
- Costa do Marfim.
 
- Dominica
 
 
- Egito; 
- El Salvador; 
- Emirados Árabes; 
- Equador; 
- Equatorial Guiné; 
- Eritréa; 
- Etiópia.
 
- Fiji.
 
- Gabão; 
- Gâmbia; 
- Geórgia; 
- Ghana; 
- Grécia; 
- Grenada; 
- Guatemala; 
- Guiana; 
- Guiné-Bissau; 
- Guiné República.
 
- Honduras.
 
- Ilha Sta Lúcia; 
- Ilha St.Vicent and The Grenadines (Kingstown); 
- Ilhas Seychelles; 
- Ilhas Solomon; 
- Índia; 
- Indonésia; 
- Irã; 
- Iraque.
 
Jamaica.
 
- Laos; 
- Líbia.
 
- Madagascar; 
- Malásia; 
- Malawi; 
- Maldivas; 
- Mali; 
- Marshall - Ilha; 
- Mauricius; 
- Mauritania; 
- Moçambique; 
- Moldávia.
 
- Namíbia; 
- Nepal; 
- Nicarágua; 
- Niger; 
- Nigéria; 
- Niue.
 
- Oman.
 
- Palau - Ilha; 
- Panamá; 
- Papua Nova Guiné; 
- Paquistão; 
- Peru.
 
- Qatar.
 
- Ruanda.
 
- Samoa Americana; 
- Samoa - Western; 
- São Tomé e Princípe; 
- Senegal; 
- Sierra Leone; 
- Singapura; 
- Somália; 
- St. Kits - Nevis; 
- Sudão; 
- Suriname.
 
- Tailândia; 
- Tanzânia; 
- Togo (República); 
- Tonga; 
- Trinidad e Tobago; 
- Tunísia.
 
- Uganda.
 
- Venezuela.
 
- Yemen Republic.
 
- Zaire 
- Rep. Democrática do Congo; 
- Zimbabwe.
 
 
 
Se você vai para algum destes destinos não esqueça de se vacinar. A vacina tem validade de 10 anos e para viagens internacionais é necessário apresentar o Certificado Internacional de Vacinação.
 
Para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela é necessário:
 
1)     Ir pessoalmente a um dos postos listados. (Há um posto no aeroporto Salgado Filho)
 
2)     Levar documento original, oficial e com foto (RG ou passaporte, por exemplo).
 
3)     Levar o comprovante de vacinação/cartão de vacinas original, estar na validade, ser de um posto de saúde público ou privado com o número completo de lote da vacina, data legível e carimbo com identificação do posto e assinatura do vacinador.
 
4)     Este serviço é gratuito.
 
5)     A ANVISA recomenda que se faça um pré-cadastro, cujo modelo se encontra no site www.anvisa.gov.br/viajante
20/06/2014
O parlamento italiano aprovou um decreto que prevê, entre outras medidas, a criação de uma taxa de 300 euros (cerca de R$ 920) para o reconhecimento da cidadania dos descendentes de italianos no exterior.
 
A mudança, que deve entrar em vigor até o final do mês de junho, foi criada para resolver a situação de sobrecarga de trabalho dos consulados italianos, principalmente no Brasil e Argentina.
 
"As filas para a obtenção da cidadania nestes países são um peso insustentável para as nossas estruturas", disse à BBC Brasil o autor da proposta, o senador Giorgio Tonini, do Partido Democrático, o mesmo do premiê Matteo Renzi.
 
"A medida serve para reduzir a pressão imediata, selecionando os que estão realmente interessados em obter a nacionalidade italiana. Por outro lado, é um modo para potencializar os serviços nos nossos consulados, já que boa parte destes 300 euros deverá ser utilizada para a contratação de funcionários locais", afirmou o senador.
 
Para o deputado Fabio Porta, eleito pelos italianos residentes na América do Sul, a introdução da taxa para obter a cidadania é positiva desde que a arrecadação seja realmente destinada à melhoria dos serviços consulares.
 
"Por razões técnicas, a minha proposta para vincular a arrecadação à criação de uma força tarefa para eliminar o atraso nos processos de cidadania nos consulados não pode ser introduzida no atual decreto. De qualquer forma, a questão voltará a ser analisada nas próximas semanas", disse o deputado à BBC Brasil.
 
Longa espera
 
De acordo com Porta, os descendentes de italianos no Brasil estariam dispostos a pagar a contribuição se isso significasse melhoria nos serviços.
 
"O problema não é o pagamento de uma taxa. Os ítalo-brasileiros já gastam uma enorme quantia entre legalizações, traduções, despachantes, mas muitos prefeririam pagar 300 euros do que aguardar anos para obter a nacionalidade”.
 
Atualmente, os consulados italianos no Brasil têm cerca de 250 mil processos em andamento, com um total de mais 850 mil interessados em obter a cidadania. A maior procura está em São Paulo e Curitiba, onde o tempo de espera varia entre cinco e dez anos.
 
Com a nacionalidade italiana é possível trabalhar legalmente nos países da Comunidade Europeia. De acordo com as leis da Itália, todos os descendentes de italianos têm direito à cidadania. Se a descendência for por linha paterna, por exemplo, bisavô, avô e pai, não há limite com relação ao ano de nascimento dos filhos. Se a transmissão for por parte de mulher, a ascendente italiana deve ter nascido depois de 1948, quando a Itália equiparou os direitos de homens e mulheres.
 
'Lei do nonno'
 
Outra mudança introduzida pelo pacote de medidas é o aumento do preço do passaporte, inclusive para os que vivem na Itália. Além do valor do livreto, mantido em 42,50 euros, a taxa do documento de viagem passa de 40,29 euros para 73,50 euros.
 
Aprovado com o voto de confiança da Câmara dos Deputados - 322 a favor, 149 contrários e 9 abstenções -, o decreto do premiê Renzi estabelece ainda, entre outras medidas econômicas, a criação de um bônus de 80 euros mensais para os trabalhadores que ganham até 24 mil euros por ano, um corte de 150 milhões de euros no financiamento à rede de TV pública RAI e redução de 10% do IRAP, imposto regional sobre atividades produtivas.
 
O texto deve ser assinado pelo presidente da República, Giorgio Napolitano, nos próximos dias e, sucessivamente, será publicado na Gazzetta Ufficiale, o diário oficial italiano. Segundo o senador Tonini, o governo estuda modificar esta lei para restringir a concessão da cidadania por descendência.
 
"É a chamada 'lei do nonno (avô)' e estabelece que a cidadania seja transmitida no máximo aos netos dos que nasceram na Itália. Trata-se de uma reforma complexa, que ainda está em discussão", disse.
 
 
 
Fonte: BBC
13/06/2014
Uma tatuagem tem a força de marcar para sempre a própria pele e, por isso, tudo que inspira, motiva ou é apaixonante serve como tema para uma ideia de desenho de tattoo. Encontramos por aí algumas referências para você que se inspira no mundo das viagens. 
 
1 - Wanderlust
 
Wanderlust é uma expressão derivada do alemão: ‘’wandern’’, ‘’a vagar’’, e ‘’Lust’’, ‘’desejo’’. É definido como um forte desejo de viajar, ou de ter um forte desejo de explorar o mundo.
 
Não é somente um simples desejo, é uma sensação que toma todo o corpo e a mente, e em uma sequência de fatores, incluem-se uma sensação de desconforto nas pernas, nos músculos, e aquele desejo incontrolável de ir, de seguir um rumo qualquer em direção ao desconhecido ou a algum lugar que se vá encontrar algo novo, que é a razão daquele desejo de ir.
 
Encontramos algumas pessoas que se identificam com a expressão e a deixaram marcada no corpo:
 
 
2 – Mapa Mundi
 
O mapa mundi representa todo o globo terrestre e tatuá-lo é uma forma de carregar o mundo com você!
 
 
3 – Avião, Bússola e Frases
 
Outras referências que podem resultar em tattos lindas e inspiradoras! Frases como “Let’s Go”, “Explore, dream, discover”, “Free Yourself” e etc são curtas e com significado forte!  A bússola é um instrumento de navegação que permite encontrar ou determinar direções. Bem inspirador, não é?
 
 
Curtiram? Agora é só se inspirar para fazer uma tattoo! 
11/06/2014
Se para você viajar é um dos melhores momentos da vida, você já deve ter percebido que nem todo mundo pensa assim. Quando você percebe que desbravar novos destinos deixou de ser apenas um plano de férias e virou uma paixão, um desejo, uma vontade constante, você pode se sentir um peixe fora d’água – ou do seu grupo, pois todos os seus assuntos, planos e projetos são voltados a essa mudança de estilo de vida.
Confira 10 sinais de que você está viciado em viajar, mas seus amigos não:
 
 1) MESTRE EM GEOGRAFIA
Você: Falar de Camboja, Malawi, Petra ou Alter do Chão é algo comum, afinal, são destinos incríveis, né?
Amigem? Nunca ouvi falar!
 
2) A MISSÃO DAS MILHAS
Você:  Acumular milhas aéreas virou missão de vida. Você participa de vários programas diferentes e junta pontos de voos de diversas empresas, cartões de créditos, dá o número fidelidade até em loja de roupa ou na conta de um restaurante parceiro. E se alguns desses pontos vencem? O sentimento é de tragédia!
Amigos: - Ei, você podia me explicar um dia como posso começar a juntar milhas, hein?
 
 
3) REDES SOCIAIS SÃO INSPIRAÇÃO
Você:  Não é só de Rei do Camarote ou de Menina Fantasma do Elevador que é feita sua timeline. Você curte muita coisa que te inspira e frequentemente vê imagens como essas abaixo sendo compartilhados aos milhares.
Amigos: Lembram que você ama viajar e te enviam essas imagens um ano depois.
 
 
4) TRÊS LETRINHAS
Você: Estas siglas abaixo são super conhecidas, inclusive só de bater o olho em GRU ou SDU, por exemplo, você já sabe de qual aeroporto estamos falando.
Amigos: – Que bobagem esse tópico na lista!
 
 
5) MAIS QUE LEMBRANÇAS
Você: Adora colecionar coisas das viagens que faz. Seja lotando de ímãs a geladeira, comprando cartões-postais ou qualquer souvenir.
Amigos: As geladeiras estão cheias por dentro, mas vazias por fora.
 
 
6) SÍNDROME DO GUARDA-ROUPAS
Você: Não se importa de aparecer com as mesmas roupas em fotos de viagens durante vários anos seguidos. A poupança que consegue fazer tem destino certo: o próximo!
Amigos: Têm sempre uma roupa ou sapatos novos para estrear e gastam aos montes na balada.
 
 
7) MEU CALENDÁRIO É DIFERENTE
Você: Tem arrepios só de ouvir algum comercial de pacote de 5 ou 6 dias em um lugar ou quando algum conhecido diz que vai viajar de férias por uma semana. Viajar nas férias pra você durante 10 dias já e pouco, no mínimo a viagem deve durar uns 15 ou 20 dias.
Amigos: – Você não vai voltar nunca mais? Como tem dinheiro pra viajar por tanto tempo?
 
 
8) É MUITO MUNDO PRA POUCO TEMPO
Você: Fica apreensivo e até sofre por achar que a vida não tem tempo suficiente pra você conhecer todos os lugares que gostaria.
Amigos: Não têm nem uma leve dor na consciência em tirar as férias pra descansar em casa ou em repetir aquele destino que gostou na última viagem.
 
 
9) O PRÓXIMO FERIADO
Você: O novo ano nem começou e você já sabe de cor quando cairão os feriados, já está até planejando as viagens pra aqueles que emendam.
Amigos: Duas semanas antes do próximo feriado ainda não sabem se irão viajar.
 
 
10) OLHOS PRO CÉU
Você: Não pode ver um avião no céu que ou gostaria muito de estar dentro dele ou fica morrendo de curiosidade: “pra onde será que ele está indo?”.
Amigos: – Coisa de cidade grande…
 

 
 
E aí, em quantos itens você se encaixou? Foi “enquadrado” como um dependente de viagens? Então arrume as malas e vá ser feliz!
 
Fonte: essemundoenosso
09/06/2014
Quem já comeu uma deliciosa refeição com uma vista maravilhosa sabe como a experiência é única e marcante.
Aqui estão 35 dos lugares mais bonitos para apreciar uma boa refeição junto de pessoas que você gosta.
Aproveite para fazer uma lista de restaurantes para jantar um dia!
 
1. Asiate (Nova York, EUA)
 
 
2. Caldera (Santorini, Grécia)

 
3. Dasheene (Santa Lúcia)
 
 
4. Ristorante Grotta Palazzese (Plugia, Itália)
 
 
5. Hotel Edelweiss (Mürren, Suíça)
 
 
6. Skyline Restaurant (Queenstown, Nova Zelândia)
 
 
7. Elements (Arizona, EUA)
 
 
8. Le Panoramic (Chamonix, França)
 
 
9. 360 Restaurant (CN Tower, Toronto, Canadá)

 
10. Torre d’Alta Mar (Barcelona, Espanha)
 
 
11. Le Grand Canyon du Verdon (França)

 
12. Siroco (Bangkok)
 
 
13. The Grotto (Tailândia)
 
 
14. Soho House (Califórnia, EUA)
 
 
15. Le Jules Verne (Paris, França)
 
 
16. Tosca (Hong Kong)
 
 
17. El Farallo´n (Cabo San Lucas, México)
 
 
18. Piz Gloria (Mürren, Suíça)

 
19. Ali Barbour’s Cave Restaurant (Quênia)

 
20. Altitude (Shangri-La, Sidney, Austrália)
 
 
21. Baan Rim Pa (Tailândia)
 
 
22. Canlis (Seattle, EUA)
 
Restaurantes espetaculares (22)
 
23. Fangweng (China)
 
 
24. Crater Lodge (Tanzânia)


 
25. Ithaa Undersea Restaurant (Maldivas)
 
 
26. La View (Bali)

 
27. Panorama Alm (Áustria)
 
 
28. Pierchic (Dubai)
 
 
29. Ristorante La Sponda (Positano, Itália)
 
 
30. Sky Restaurant 634 (Tóquio, Japão)

 
31. The View (Califórnia, EUA)

 
32. Labassin Waterfalls Restaurant (Filipinas)

 
33. The Rock (Tanzânia)

 
34. WP24 by Wolfgang Puck (Califórnia, EUA)
 
 
35. Two Oceans (África do Sul)

 
Fonte: awebicmontes na balada.
06/06/2014
A Roteiros Incríveis publicou uma matéria sobre o passeio em trem de luxo entre Curitiba e Morretes, confira na íntegra a reportagem:
 
por Tatiana Perim:
 
Percorrer os caminhos de ferro da Serra do Mar, só mesmo nos livros de história, certo? Errado. No Paraná é possível fazer esse passeio nos dias de hoje, e ele é imperdível!
 
O primeiro Trem de Luxo do Brasil oferece uma viagem no tempo. O passeio entre Curitiba e Morretes é uma experiência inesquecível, adentrando o coração da Mata Atlântica e passando por paisagens deslumbrantes no interior refinado do Great Brazil Express.
 
Os dois vagões têm decoração inspirada nos tempos áureos dos caminhos de ferro brasileiro. Além de um requintado café da manhã, durante o trajeto os passageiros contam com guias bilíngues que contam fatos históricos sobre o trecho.


VISTA DA SERRA DO MAR DURANTE A VIAGEM DE TREM | TATIANA PERIM
 
 
PERCURSO PASSA POR LINDOS CENÁRIOS DA MATA ATLÂNTICA | TATIANA PERIM
 

 
DECORAÇÃO DO TREM É INSPIRADA NOS TEMPOS ÁUREOS DOS CAMINHOS DE FERRO BRASILEIRO | DIVULGAÇÃO
 
 
 
Se interessou? A Bellenzier Turismo oferece pacotes para esse passeio:
 
O pacote inclui:
 
- Saída de Porto Alegre na sexta e retorno no domingo 
 
- Passagem aérea voando Gol 
 
- Transfer in/out
 
- City tour
 
- Transfer hotel/estação ferroviária
 
- Passeio de trem litorina de luxo com lanche a bordo (champagne, cerveja, suco, refrigerante)
 
- Almoço em Morretes (prato típico barreado com frutos do mar)
 
- City tour em Antonina
 
- Volta pela BR em van
 
- Jantar no restaurante Madalosso
 
- Hospedagem no Hotel Bristol 500
 
Valor por pessoa em apartamento duplo: R$ 978,00 (em até 10x)
 
Próximas saídas: 01/08, 08/08, 29/08. 
 
Mais informações: daniela@bellenziertur.com.br 
 
05/06/2014
Ícone de fé e devoção, o Cristo Redentor, situado na Cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro, é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e um dos cartões postais mais famosos do mundo inteiro. Mas, o que muita gente não sabe, é que o Cristo Redentor não está de braços abertos exclusivamente para a capital carioca. Além do Rio de Janeiro, algumas outras cidades ao redor do mundo possuem monumentos que remetem à  imagem de Jesus Cristo. Vejamos alguns deles:  
 
 
 
 
O Cristo da Concórdia na Bolívia tem 40 metros de altura no total (estátua e pedestal). Esta escultura pode ser visitada no alto do Cerro de San Pedro, alcançada por um passeio de teleférico, garantindo uma vista imperdível da cidade de Conchabamba.
 
 
      
 
Ainda no Brasil os moradores de Sertãozinho, cidade interiorana do estado de São Paulo, também têm o seu Cristo Redentor para admirar.  O Cristo de Sertãozinho tem apenas 18 metros de altura, pequeno se comparado aos demais, mas sua base possui 39 metros, tornando-o mais alto do que a escultura carioca.  
 
 
 
 
Do outro lado do mundo, em Swiebodzin, na Polônia, está a estátua de Cristo Rei, a maior representação escultural de Jesus Cristo em todo o mundo. Essa magnífica escultura tem 33 metros de altura correspondentes à idade de Jesus, mais uma enorme coroa dourada que possui outros 3 metros. Com a base, são quase 53 metros no total. Está situada entre a estrada que liga a Varsóvia à Berlim, podendo ser admirada à muitos quilômetros de distância.   
 
 

 
 
Também no continente europeu está a famosa escultura portuguesa O Cristo Rei de Lisboa. Conhecida mundialmente por ser símbolo de gratidão de Portugal pelo dom da paz, este monumento de 28 metros de altura por 16 de largura, somado ao seu pedestal possui 110 metros de altura no total, pode ser avistado à mais de 20 quilômetros de distância.     
 
 
 
 
De volta à América Latina, em  Cali na Colômbia, é possível visitar o Cerro do Cristo Rei, que conta com uma escultura de Jesus Cristo que pesa cerca 465 toneladas e tem 41 metros de altura. Esta estátua é uma homenagem em comemoração ao fim da Guerra dos Mil Dias.    
 
 
 
Já no México, o Cristo de Copoya como é conhecido ou Cristo Glorioso de Chipas, garante ser a escultura de Cristo mais alta do mundo. Construída em aço inoxidável  a curiosa escultura possui majestosos 64 metros de altura. Algo marcante neste monumento, é que ele brilha ao pôr-do-sol, garantindo aos seus visitantes uma visão de encher os olhos.    
 
 
 
Por fim, não poderíamos deixar de falar da mais bela e contemplada escultura de Cristo em todo o planeta, O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, que possui seus 38 metros de altura. Uma das Sete Maravilhas do Mundo a escultura encanta turistas do mundo inteiro seja por sua simbologia religiosa, seja pela beleza artística. O Parque Nacional da Tijuca e o Morro do Corcovado - que em seu mirante garante uma belíssima vista da cidade, são um espetáculo à parte.   
 
Agora só falta você escolher um dos destinos e tirar aquela “clássica” foto de braços abertos sob uma das estátuas!     
 
Fonte: tudoparaviajar  
 
04/06/2014
Que os preços nos EUA são menores do que no Brasil todo mundo já sabe. Mas será que você sabe como comprar ainda mais barato, como os americanos fazem? Vamos a algumas dicas:
 
1. Cupons: se você entra numa loja e compra uma roupa pelo preço original na etiqueta, pode ter certeza absoluta que você poderia estar pagando menos. Não há nenhum americano que pague “full price” (o preço original, de quando a roupa chega na loja pela primeira vez) em nada. A grande maioria das lojas oferece cupons frequentemente, principalmente nas grandes redes (Gap, Banana Republic, Carter’s, Victoria’s Secret, Michael’s, e afins) tem cupom praticamente toda semana. Como você pode conseguir esses cupons se não mora nos EUA? Tem algumas formas bem simples:
 
Entrando para a lista de e-mail das lojas onde você gosta de comprar. Vá no site de todas as lojas que você tem interesse antes de viajar e “sign up” para receber os e-mails. Na Gap por exemplo toda semana eles mandam um e-mail dizendo o que chegou na loja ou com um cupom (ou os dois). E avisam das liquidações, claro. Normalmente os cupons são da loja sem ser em outlet ou para compras online, mas vez por outra eles mandam cupons válidos para as lojas de outlet também.
 
Procurando nos sites de cupom, como o retailmenot.com . Você entra e faz uma busca pelo nome da loja, vê os cupons listados e procura algum que esteja válido (é só ver as datas) e sirva para você (alguns só servem se a compra for acima de um determinado valor, ou para itens específicos). Por que esse método não é o melhor: muitas vezes as lojas mandam cupom de uso único (o cupom vem com um código de barras que será escaneado e não poderá ser reutilizado), então se você não está no cadastro pra receber, não vai conseguir usar o cupom que alguém escaneou e colocou na internet (a não ser que a pessoa não tenha usado, mas aí é uma questão de sorte). Os cupons que aparecem em sites como o retailmenot são normalmente os cupons de usos múltiplos. Mas vale a pena olhar lá sempre, a probabilidade de ter cupons para compras na loja ou online é grande (às vezes só tem um frete grátis pra loja online por exemplo, mas já é alguma coisa).
 
Se cadastrando nos sites dos outlets: se você se registrar (sign up) nos sites dos outlets, também recebe cupons de desconto e ofertas especiais para imprimir. Se cadastrando uma ou duas semanas antes das compras você vai normalmente poder imprimir um voucher pra trocar gratuitamente por um livrinho de cupons no outlet (se não se cadastrar pra pegar o voucher, o mesmo livrinho pode ser comprado por $5 no balcão de informações).
 
2. Liquidações em feriados e datas especiais: os feriados americanos são sinônimos de liquidação. O comércio sempre aproveita que o pessoal não vai trabalhar pra atrair todo mundo pro shopping. Normalmente na semana que antecede o feriado as lojas começam a mandar os e-mails anunciando as liquidações e os cupons para aproveitar. As promoções começam na sexta ou sábado antecedendo o feriado (que costuma cair na segunda-feira) e terminam no dia do feriado a noite. As lojas também aproveitam datas especiais como Valentine’s Day, dia das mães, dia dos pais, Halloween, Páscoa, pra fazer promoções. Os dias após estas datas são sempre bons pra comprar decorações que sobraram para os próximos anos. Os dias imediatamente após os feriados são os piores para compras de um modo geral, porque os cupons e descontos já acabaram e o estoque das lojas está baixo, muitas peças ainda não foram repostas. Janeiro especialmente tem estoque muito baixo, mas tem as maiores ofertas também no que você conseguir encontrar.
 
3. Liquidações de final de estação: Fique sempre atento às liquidações de final de estação e quando as lojas começam a trocar as roupas de uma estação para outra, já que as estações nos EUA são inversas as do Brasil.
 
·         Roupas de inverno: Em dezembro começa a liquidação de inverno, em janeiro é quando a maioria das peças esgotam. Em final de janeiro/início de fevereiro entram as roupas de primavera (mesmo que no norte dos EUA a temperatura ainda esteja perto de zero e ninguém vá usar um vestido até abril-maio). As roupas de primavera americana tem de vestidos e shorts a blusas de manga curta com casaquinhos e calças leves, que podem ser usados no inverno de muitas cidades do Brasil.
 
·         Roupas de primavera: Em março começa a liquidação de primavera, em abril é quando a maioria das peças esgotam. Em final de abril/início de maio entram as roupas de verão.
 
·         Roupas de verão: Em julho começa a liquidação de verão, em agosto é quando a maioria das peças esgotam. Em final de agosto/início de setembro entram as roupas de outono (mesmo que no sul dos EUA a temperatura ainda esteja beirando os 40 graus e ninguém vá usar casaco até final de outubro).
 
·         Roupas de outono: Em outubro começa a liquidação de outono, em novembro é quando a maioria das peças esgotam. Em final de outubro/início de novembro entram as roupas de inverno.
 
4. Liquidações de itens específicos: algumas categorias de produtos tem liquidações sempre em determinados meses do ano, fique atento:
Janeiro e maio: muitas promoções de itens de cama, mesa e banho
Fevereiro e agosto: promoções de mobília
Março e setembro: itens de jardinagem, mobília de jardim e itens esportivos
Agosto e setembro: itens escolares (mochilas, cadernos, etc)
Outubro e novembro: fantasias de Halloween e itens de cozinha (pratos, utensílios e tudo para a ceia do dia de Ação de Graças)
Dezembro: brinquedos e depois do Natal, decorações natalinas
 
5. Seguir as páginas das lojas no Facebook: se você usa o Facebook, vale a pena Curtir as páginas das suas lojas preferidas por lá também, volta e meia as marcas tem publicado um cupom especial para os fãs do Facebook pra ser usado no site ou na loja. 
 
 
Fonte: aprendizdeviajante
02/06/2014
1) CALENDÁRIO
 
Quando não estamos mais nos tempos de escola e temos de enfrentar a vida profissional, conciliar o calendário de viagens ou férias com os amigos ou com namorada(o) ou esposa (o) fica muito difícil. Se as datas batem talvez as demais pessoas não tenham dinheiro ou vontade de ir pro mesmo destino que você sonha há tempos. Quer empurrão melhor para viajar sozinho?
 
2) É PERIGOSO?
Não. A menos que você vá para um país em conflito, normalmente não terá problemas com segurança, mesmo que vá para um lugar famoso por sua violência. Moramos no Brasil, e infelizmente (nesse aspecto) estamos preparados para encarar o mundo. Sabemos de longe evitar um local que pareça ameaçador, estamos sempre ligados em nossos pertences, já temos a maldade de não sair com muito dinheiro… e por aí vai.
 
3) LIBERDADE
Essa é uma das melhores partes. Quando você viaja sozinho tem a liberdade de ditar o seu tempo. Vai às cidades que deseja e visita as atrações que lhe dão na telha. Quer tirar um dia para não fazer nada? Não se preocupe, são as suas férias.
 
4) OUTROS OLHOS
Quando você está sozinho, absorve muito mais a cultura de um lugar. Aprende a olhar tudo de outra maneira, perde seus preconceitos e para pra pensar que o mundo não é apenas aquele que gira ao seu redor. Todos os dias, enquanto você cumpre sua rotina, aquelas pessoas também estão lá vivendo a vida delas, muitas vezes sem nem saber que a sua cidade existe. É uma ótima oportunidade de abrir sua mente.
 
5) SOLIDÃO?
Isso vai da escolha de pessoa pra pessoa. Um mar de gente viaja todos os dias sozinho e existem táticas para fazer amizades super legais durante uma viagem: hospede-se em um hostel (mesmo que em quarto privado, caso não goste de compartilhar) e conheça pessoas do mundo todo que estão na mesma que você; converse com os moradores locais; faça tours em grupo e conviva com desconhecidos ao longo de um ou mais dias que certamente se identificará com alguém; se é sua primeira viagem, procure um destino mais jovem e descolado para que você não corra o risco de se sentir na solidão. Essas são apenas algumas das várias situações.
A internet virou uma das melhores aliadas de quem viaja sozinho. Você não precisa mais esperar voltar para contar pra todo mundo as experiências incríveis que você viveu. As redes sociais estão aí pra isso e pode ter certeza que você sentirá a presença de quem você gosta com você.
 
6) IDIOMA
Não fala bem inglês? As mímicas e os sinais são a linguagem universal. E os aplicativos de celulares que fazem traduções podem ser também. Existem países onde a população praticamente não fala inglês e isso nunca foi problema para os viajantes. Claro que se você vai encarar sua primeira viagem internacional é bom ter um conhecimento básico do idioma. Se não tem, por que não viajar pelo Brasil ou pelos nossos vizinhos? Portunhol é uma língua que todo brasileiro já nasce falando.
 
7) PLANEJE SUA PRÓPRIA VIAGEM
10 motivos para você viajar sozinho (Foto: Jasmic/Flickr)Foto: Jasmic/Flickr
Fazer seu próprio roteiro com antecedência, desde a compra das passagens até a escolha das atividades, faz você se envolver com sua viagem muitos meses antes. São dias e dias na internet lendo relatos e curtindo fotos, além de noites sonhando com aquele destino. Na volta pode ter certeza de que não há satisfação maior.
 
8) PRA SE INSPIRAR
Leia blogs de pessoas que constuam viajar sozinhas. Muitos deles contam como foram suas voltas ao mundo, como o Guilherme do Viajando Com Eles, o Daniel do Mochileiro das Maravilhas, a Fernanda do Preciso Viajar, o Rafa, a Nat e a Luíza do 360 Meridianos, a Carla do Idas e Vindas…
 
9) E SE…
Existem vários “e se” que podem vir à sua mente. Com certeza a maioria tem solução. “E se eu ficar doente?”. Não se esqueça de contratar um seguro de viagem. “E se eu tiver problemas com segurança?”. É sempre bom ter em mãos os telefones da embaixada brasileira e da polícia turística local. “E se eu não gostar de estar sozinho(a)?”. Volte pra casa antes do tempo, você não é obrigado(a) a ficar. Podia dar infinitos exemplos, mas são coisas muito pessoais e pontuais.
 
10) AINDA NÃO TEM CERTEZA?
Comece a viajar sozinho(a) com o suporte de algum curso de férias, por exemplo. Os mais comuns são os de idioma fora do país. Mas se você não pode ou não quer sair do Brasil, que tal umas aulas de mergulho em Ilhabela ou no Nordeste, um curso de surf no litoral do Sul ou aulas de gastronomia em uma cidade histórica? Procure uma atividade que goste que com certeza você sentirá mais segurança e conhecerá muita gente legal.
 
Fonte: essemundoenosso
22/05/2014
Se você mora ou trabalha próximo ao Beira Rio, será necessário cadastrar seu veículo para acessar a área de segurança
 
Nos dias de jogo da Copa do Mundo, uma área de Segurança no entorno do Beira-Rio vai garantir mais tranquilidade para todos. O acesso de veículos motorizados será restrito e somente moradores e trabalhadores da região poderão circular com veículos  motorizados previamente identificados.
 
O acesso do pedestre é liberado e não precisa de cadastro.
 
Para fazer o seu cadastro, acesse: http://goo.gl/HOLZQ5 
 
 
 
Fonte: Prefeitura de Porto Alegre
20/05/2014
Um dos pontos turísticos contemporâneos que vem crescendo no Rio de Janeiro é a escadaria da Rua Joaquim Silva, na Lapa. Obra do artista chileno Jorge Selarón, a escada, que ganhou o nome do seu criador, foi enfeitada usando ladrilhos e azulejos de admiradores de todo o mundo.
 
 
Escada Selarón, Rio de Janeiro, Brasil 
 
 
Porém, ter a arte em degraus não é privilégio do brasileiro. No mundo, muitos artistas encontram nessas passagens íngremes o espaço para soltar a imaginação.
Confira abaixo as 17 escadarias mais bonitas do mundo e, se puder, eleja sua favorita:
 
 
 
 
Teerã, Irã
 
 
 
 
 
 
Wuppertal, Alemanha
 
 
 

 
Escadaria da Paz, Síria
 
 
 
 
 
 
 
 
Seul, Coréia do Sul
 
 
 

 
Degraus de azulejo da 16ª Avenida, São Francisco, EUA
 
 


Valparaíso, Chile
 
 
 
 
Valparaíso, Chile
 
 
 
 
 
 
Angers, França
 
 
 


Sicília, Itália
 
 

 
Museu de arte da Filadélfia, EUA
 
 
 

Beirute, Líbano
 
 
 
 
 
 
Beirute. Líbano
 
 
 

 
Teatro Musical de Seul, Coréia do Sul
 
 
 
 

Istambul, Turquia
 
 
 


Morlaix, França
 
 
 
 
 
 
Rio de Janeiro, Brasil 
 
 
 
 
 
Fonte: Casa Vogue 
16/05/2014
Hoje a Bellenzier Turismo iniciou a sexta-feira tomando café da manhã no Açores Premium Hotel. Quem nos convidou foi a Thaís Machado Campos, executiva de contas do Açores. 
 
Inaugurado a menos de 2 anos, o Açores Premium conta com mais de 100 quartos, todos muito espaçosos e bem iluminados, com camas box, piso laminado, ar condicionado split, TV LCD 32" a cabo, frigobar, secador de cabelo, cofre eletrônico, mesa de trabalho e wi-fi gratuito. O grande destaque vai para duas suítes no último andar, a junior com hidromassagem e a master com dois ambientes divididos em sala e quarto. Duas suítes belíssimas que em breve contarão com pacote de noite de núpcias. 
 
O hotel oferece traslado hotel/aeroporto e aeroporto/hotel e conta com um andar destinado para as mulheres, com amenities exclusivas, além de paredes cor-de-rosa! Super lindo e encantador!
 
Quer conhecer mais do hotel? http://www.acorespremiumhotel.com.br 











ASSINE NOSSA newsletter

51 34982967
51 997377936
RS 040 km 27 – nº 19286 loja 04 - Águas Claras/Viamão RS